(81) 99487-1864

NO AR

Rádio Moria FM

moriafm.com.br

Esporte

Náutico Protocola Pedido de Suspensão do Adiamento de Partida entre Santa Cruz e Retrô

Partida que aconteceria nesta quarta-feira (24) foi remarcada para fevereiro

Publicada em 23/01/24 às 20:55h - 801 visualizações

por Rádio Moria FM


Compartilhe
 

Link da Notícia:

Sede do Náutico, nos Aflitos  (Foto: Léo Lemos/Arquivo Náutico)

O Náutico tomou uma medida legal nesta terça-feira (23) ao protocolar um mandado junto ao Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE) buscando a suspensão do adiamento da partida entre Santa Cruz e Retrô. A partida, inicialmente programada para quarta-feira (24), foi adiada para 15 de fevereiro após um pedido do Santa Cruz, alegando pouco tempo para venda de ingressos devido a melhorias no estádio.

Principais Pontos:

  • O Náutico solicita ao TJD-PE a suspensão do adiamento da partida entre Santa Cruz e Retrô.
  • A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) é instada a realizar o jogo na data e horário previstos inicialmente, mesmo que de portões fechados ou em outro estádio.

Motivação para o Adiamento:

  • O Santa Cruz alegou que o adiamento se deu pelo pouco tempo para a venda de ingressos, pois o estádio está passando por melhorias e a vistoria da Polícia Militar ocorreria entre terça (23) e quarta-feira (24).
  • O presidente tricolor, Bruno Rodrigues, ressaltou que a solicitação foi motivada pela necessidade de tempo para a venda de ingressos após a aprovação da vistoria.

Posicionamento do Retrô:

  • O Retrô, adversário na partida adiada, destacou a boa relação entre os clubes e afirmou que o único pedido feito foi para que a nova data do confronto não prejudique o time azulino na sequência do ano.

Reação do Náutico:

  • O Náutico também havia solicitado o adiamento de sua partida diante do Central, porém, a Federação Pernambucana de Futebol rejeitou o pedido.
  • Uma das motivações para o pedido do Náutico é sincronizar a semana livre de jogos de Náutico e Central com a de Santa Cruz e Retrô, já que ambos serão futuros adversários.

O desenrolar deste imbróglio está agora nas mãos do Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco. O documento protocolado pelo Náutico busca garantir a realização da partida na data originalmente marcada.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








LIGUE E PARTICIPE

(81) 99487-1864

Visitas: 67665
Usuários Online: 154
Copyright (c) 2024 - Rádio Moria FM
Converse conosco pelo Whatsapp!